Skip to content

Varau (é com “u” mesmo!)

04/11/2009

varal2Toda vez que penduro tristezas,
Um vento vem forte para derrubar
E se não leva nenhuma, espalha cheiro pelo ar
Mesclado de infância e adultice
Farfalhando no quintal do fundo d ‘alma
E de repente,
Uma alegria tão grande se estira no peito
Que eu corro e pego ligeiro
Com medo do vento roubar
Oras bolas, senhor vento
Não apronte nada assim!
Quero apenas ser inteiro,
Alegrias e tristezas na fronha do travesseiro
O resto?
É uma surpresa sem fim…

03 de novembro de 2009  (imagem extraída do site http://www.cursosdovaral.com.br/o-que-queremos/)

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: